quarta-feira, 27 de julho de 2016

Grandes vultos: Visconde de Mauá - Parte 07.






GRANDES VULTOS BRASILEIROS QUE MARCARAM A HISTÓRIA NAS SUAS MAIS DIVERSAS ATIVIDADES
IRINEU EVANGELISTA DE SOUZA (MAUÁ) - PARTE 07.
Esta narração, que representa uma exposição muito abreviada e incompleta das atividades de Mauáno domínio econômico, serve para dar ideia do vulto das atividades de Irineu Evangelista de Souza, da sua capacidade realizadora e dos múltiplos e variados empreendimentos em que se envolveu. Alguns deles, somente os mais expressivos, como o estabelecimento da Ponta da Areia, as estradas de ferro, a iluminação do Rio de Janeiro, o cabo submarino e a navegação do Rio Amazonas seriam suficientes para consagrar-lhe o nome, para colocá-lo como verdadeiro precursor de nossa industrialização, como o homem de maior iniciativa em sua época e um dos maiores em todos os tempos entre nós. Daí o lugar ímpar que tem em nosso passado e a memória reverenciada que possui nos dias de hoje.
A extraordinária figura de Mauá ocupa, inegavelmente, um lugar conspícuo em nossa história e um dos de maior destaque entre seus contemporâneos. Isso se deve ao fato de ter encarnado uma das tendências da sociedade do seu tempo, a tendência capitalista, que consubstanciava a aspiração mais progressista da época, a representativa do futuro. Daí, provavelmente, as vicissitudes pela qual passou e as controvérsias que ainda agora provoca.
Com efeito, em meados do século passado o capitalismo, como forma predominante de regime socioeconômico na Europa e nos Estados Unidos, caminhava a passos acelerados para seu apogeu, que atinge ao findar a centúria, com a plena expansão de sua capacidade realizadora. O mundo foi todo dividido e submetido aos seus interesses, efetuando-se a grande divisão internacional do trabalho, com um grupo de países industriais produzindo e exportando artigos manufaturados e outro servindo de mercado para esses produtos e de fornecedores de matérias-primas. Não há dúvida de que a maior parte da riqueza internacional se concentrava nos países industriais, que dirigiam por isso mesmo toda a política mundial, proporcionando maior bem-estar às suas populações.
Mauá com sua inteligência aguda e seu traquejo nos negócios que exercia, sem nenhuma ligação com o estado de coisas aqui estabelecidos, compreendeu imediatamente essa situação e viu as possibilidades promissoras que se lhe apresentavam nesse campo de atividades. Daí sua aspiração industrialista, que adquiriu forma concreta em sua primeira viagem à Europa, conforme vimos antes. Isso explica o papel que representou em nossa história e o ideal capitalista que personificou. Assim se explica igualmente toda a atividade prodigiosa que desempenhou, com admirável tenacidade.
Realmente Mauá foi a mais elevada personificação capitalista que tivemos na segunda metade do século XIX. Por isso realizou consideráveis negócios, ganhou muito dinheiro, realizou empreendimentos notáveis, mas, para isso pleiteou e obteve favores administrativos, tornando-se rico e poderoso. Entretanto, foi por causa disso que pode levar avante as extraordinárias iniciativas, obras de intenso vulto, que beneficiaram realmente seu país, melhorando inegavelmente as condições de vida de seu povo, estimulando de modo incontestável as condições gerais de progresso. Isso tudo, no entanto, ele não poderia ter realizado se não tivesse sido um capitalista, ou seja, um homem de negócios, ganhando dinheiro, fazendo transações, aplicando e movimentando capitais. Mas isso também é que explica sua posição política e social como membro do Clube de Reforma, o centro liberal mais avançado da época, de onde saiu mais tarde o Partido Republicano, sua ligação e ajuda mesmo que prestou aos republicanos farroupilhas, sua simpatia pelo abolicionismo, assinando contratos de trabalho em que se obrigava a não empregar trabalhadores escravos nos serviços de suas obras.
Continua...
Heitor Ferreira de Lima

MEUS QUERIDOS AMIGOS

Hoje vamos iniciar uma pausa para dar uma olhada na saúde, fazer alguns exames de rotina, afinal, a velha carcaça precisa de manutenção. Acredito que em breve estaremos de volta, quando na oportunidade iniciaremos a retribuição àqueles que nos honraram com as suas preciosas visitas. 

Até a volta e um grande beijo no coração de cada um de vocês.

   
Visite também:
Clicando aqui:

2 comentários:

CÉU disse...

Evidente k dinheiro parado não rende.
Não sou contra o Capitalismo, sou contra a pobreza, sobretudo a de espírito, de quem quer tirar aos outros aquilo k nunca foi deles.

E Mauá continuou sua política de desenvolvimento, não permitindo, contudo, situações de escravatura. ERA UM HUMANISTA!

Beijos.

CÉU disse...

Então, bons exames e excelentes resultados médicos.

Tudo de bom pra vocês.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...